Alunos do EMEF Jardim Paulista são acolhidos pelo Projeto Experimentando Ciência

Nesta quarta-feira, dia 13 de junho, a FOUSP recebeu os alunos da EMEF Jardim Paulo VI, através do Projeto experimentando Ciência. Durante toda a manhã as crianças tiveram a oportunidade de ter um primeiro contato com laboratórios, instrução de professores e pós-graduandos, e de entender um pouco melhor o universo que é a Universidade de São Paulo.

Os estudantes, que cursam o sétimo ano, chegaram logo pela manhã, onde se reuniram no anfiteatro, para ouvir a explicação do Prof. Dr. Marcelo Bönecker, o coordenador do projeto, a respeito das atividades que fariam ao longo do dia. O docente também os elucidou sobre a profissão do Cirurgião-Dentista, contou-lhes um pouco da história da USP e enumerou algumas das oportunidades que ela pode oferecer.

Após a pequena palestra, os adolescentes foram separados em grupos, cada qual destinado a um laboratório diferente. Em suas respectivas atividades, a admiração no rosto dos adolescentes era evidente, afinal estavam experienciando esse tipo de prática pela primeira vez. O que não é para menos! Uma vez que, infelizmente, o equipamento disponível aqui na faculdade é muito caro e distante da realidade de uma escola municipal.

Cada turma desempenhou um experimento diferente. Em uma delas, os alunos fizeram um esfregaço na própria boca, com o objetivo de observar os microorganismos lá presentes. A outra fez um estudo a partir de moldes de crânios sobre a anatomia da cabeça. Na sala da impressora 3d, a terceira equipe analisou os diferentes cortes possíveis em uma radiografia, a utilidade de cada um deles, bem como interpretou as matizes do exame. Por último, no laboratório de microbiologia, os estudantes observaram amostras de DNA, alguns detalhes interessantes de como lidar com elas, e os atributos dessa molécula.

Experiências feitas, reuniram-se na cantina da atlética para o merecido lanche. O entusiasmo deles refletia-se, mais uma vez, em suas expressões, quando contavam o que tinham aprendido no decorrer da manhã. Naquele momento, interessados em entrar na USP, e mais esperançosos ao saber que é algo possível, com muito estudo, como frisava a professora deles.

Ao fim da manhã, participaram de mais uma palestra acerca de higiene. Isto feito, foi a vez da Profa. Dra. Carina Domaneschi falar a respeito da limpeza das mãos, explanando a presença de bactérias e fungos que nelas podem estar, e sobre contaminações que podem acontecer através do contato com outras pessoas e objetos. Surgiram, então, as últimas dúvidas dos jovens que foram para casa alegres, ensinados e inquietos com as novas possibilidades que lhes foram apresentadas.