Com Sala de Acessibilidade, Biblioteca da FEA dá importante passo para inclusão

A vida universitária de quem é deficiente não é nem um pouco fácil, mas pode ficar mais acessível agora. A Biblioteca da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP acaba de inaugurar uma Sala de Acessibilidade em suas dependências, voltada para deficientes visuais. Localizada no segundo piso, a sala oferece aos usuários diversos equipamentos para o acesso à leitura, pesquisa e produção textual.

A ideia do projeto surgiu na antiga gestão da biblioteca, de Dulcineia Dilva Jacomini, e foi concretizada pela equipe atual, atualmente liderada por Margarida Maria de Sousa. Margarida diz que o sentimento geral é de muita felicidade, tanto para a gestão anterior quanto para os novos funcionários, que tanto se empenharam. A ideia inicial era a construção de uma nova sala, mas a sala atual é fruto de uma reorganização de uma antiga sala de funcionários.

Os equipamentos para o projeto foram conseguidos com patrocínio financeiro obtido por intermédio de Hélio Zylberstajn, professor sênior do Departamento de Economia (EAE) da FEA. Após a iniciativa da FEA, a Biblioteca recebeu uma consultoria da USP Legal, programa de acessibilidade ligado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP, que orientou os funcionários da biblioteca na utilização dos equipamentos.

A sala é aberta para todo o público, contando com todo o acervo da FEA, mas também com a possibilidade de utilizar os equipamentos para qualquer livro que o usuário leve consigo, bem como o uso de seus equipamentos e computadores para a escrita e o desenvolvimento de trabalhos. O ambiente é espaçoso e os funcionários da biblioteca estão aptos a ajudar os usuários, no caso dos equipamentos mais complexos, como é o caso do teclado em braile, há manual para o usuário, disponível na linguagem.

Entre os aparelhos, destaca-se o leitor autônomo e instantâneo para pessoas cegas, que efetua a leitura de qualquer documento escrito em voz alta para o usuário, com a velocidade regulável e a possibilidade de gravação (em período de teste). Há também um ampliador de caracteres clássico, para pessoas com baixa visão, um teclado em braile, um teclado ampliado de fácil visualização e um software no computador capaz de ler os caracteres na tela para o usuário cego.

A sala de acessibilidade é um passo importante para a inclusão de deficientes para toda a Universidade, já que é aberta para qualquer pessoa. A Faculdade de Educação (FE) foi pioneira em ter uma sala desse tipo; a biblioteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) e a Biblioteca Central do campus de Ribeirão Preto (BCRP) possuem kits específicos para usuários deficientes, mas não salas. Agora, a Biblioteca espera ampliar o uso dessa ferramenta para garantir maior acessibilidade a todos os uspianos.

Biblioteca da FEA
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 7h30 às 21h30
Telefone: (11) 3091-5998
Local: Av. Luciano Gualberto, 908 – Cidade Universitária – São Paulo-SP

 

link: https://www.fea.usp.br/fea/noticias/com-sala-de-acessibilidade-biblioteca-da-fea-da-importante-passo-para-inclusao

Skip to content