(Português) Odontologia da USP ocupa a 20ª posição em ranking mundial

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

USP sobe duas posições e alcança melhor classificação em ranking mundial

Em nova edição do QS, publicada no dia 19 de junho, a USP ocupa a 116ª colocação

Arte sobre foto/USP Imagens

A USP subiu duas posições na mais recente edição do QS World University Ranking, passando da 118ª para a 116ª colocação. Essa é a melhor classificação alcançada pela Universidade desde que o ranking, elaborado pela consultoria britânica especializada em ensino superior Quacquarelli Symonds (QS), começou a ser publicado, em 2004. A USP também é a universidade brasileira mais bem classificada. O resultado foi divulgado no dia 19 de junho.

Além da USP, outras quatro instituições do País ficaram entre as 500 melhores do mundo: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na 214ª posição, seguida da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na 358ª, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na 439ª, e da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, na 482ª colocação.

O ranking avaliou mais de 1.600 universidades do mundo todo, de acordo com seis indicadores: Reputação Acadêmica, Reputação entre Empregadores, Proporção de Professor para Estudante, Citações Científicas, Número de Estudantes Estrangeiros e Corpo Docente Internacional.

Em dois desses indicadores o desempenho da USP se destaca. No quesito Reputação Acadêmica, que avalia a importância que a comunidade acadêmica global dá para o ensino, a pesquisa e o ambiente acadêmico de cada instituição, a Universidade atingiu a 47ª maior pontuação; já em Reputação entre Empregadores, que reflete a opinião dos empregadores sobre a qualidade da formação profissional oferecida, a USP ficou na 90ª posição.

Além da classificação geral, a USP também tem alcançado posições significativas nos rankings específicos da instituição. No QS World University Rankings by Subject, divulgado no dia 26 de fevereiro, a Universidade se destacou em nove áreas, nas quais foi classificada entre as 50 melhores: Odontologia (20ª posição); Ciências do Esporte (27ª); Línguas Modernas (30ª); Engenharia de Minérios e Minas (33ª); Geografia (42ª); Arquitetura (44ª); Direito (45ª); Engenharia Civil (45ª); e Agricultura e Silvicultura (49ª).

Ir al contenido