(Português) Docente da FOUSP recebe prêmio por seus trabalhos e pesquisas relacionadas à COVID-19

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Na última terça-feira, 02 de setembro, ocorreu a abertura do SetBio 2020 – Setembro Verde – Mês da Consciência da Biossegurança em Odontologia da América Latina, inspirado no DICAM (Dental Infection Control Awareness Month) da OSAP. Por conta do momento de pandemia que estamos passando, foi um evento totalmente online, com diversos encontros ao longo do mês.

Logo na abertura, após apresentações breves de cada dia e live durante o mês, explicando a dinâmica do evento, foi momento de premiar a ciência e a pesquisa brasileira. O Presidente do Conselho Federal de Odontologia (CFO), o Dr. Juliano do Vale, foi o responsável pela entrega do Prêmio Especial Enfrentamento à COVID-19 para a Dr. Karem López Ortega, docente da Disciplina de Patologia Oral e Maxilofacial, do Departamento de Estomatologia da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOUSP).

A homenagem à docente é uma forma de demonstrar a importância da biossegurança na saúde, odontologia, e como a ciência tem um papel fundamental para diretrizes embasadas. Por isso, a Profa. Dra. Karem López Ortega foi coroada por seus trabalhos e pesquisas relacionadas à COVID-19 em odontologia, dando o devido valor aos pesquisadores e seus esforços.

Ela fez questão de agradecer a todos que participaram do encontro e também aos colegas que indicaram seu nome, com destaque para seus trabalhos. Em seguida, abordou pontos da pandemia e da odontologia: “biossegurança e controle de infecção cruzada são as palavras chaves, no meio de uma pandemia que é causada por um vírus, e que ainda não tem vacina. Então, a forma de se controlar passa pela biossegurança, feito de forma brilhante”.

A questão de como está sendo feita a pesquisa foi outro tema de destaque da professora: “ainda que no começo da pandemia as informações não eram tão claras para população, e também para os cirurgiões-dentistas, em termos de pesquisa, fomos corrigindo esse caminho. Desse modo, tivemos uma leitura com mais tranquilidade, buscando com calma alguns trabalhos que tinham sido publicados anteriormente”.

Ao fim, a Profa. Karem López Ortega fez questão de agradecer aos seus alunos, ex-alunos e colegas que ajudaram a docente pensar de outra forma, tendo um olhar diferente sobre o mesmo ponto. Com outra visão sobre controle de infecção e biossegurança dentro do aspecto odontológico.

 

Para acompanhar na íntegra, acesse:

Skip to content