(Português) FOUSP na mídia: Novo projeto da USP ensina conceitos de harmonização orofacial

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Liga da Faculdade de Odontologia pretende difundir conhecimentos sobre nova especialidade; inscrições para processo seletivo vão até 30 de novembro

Editorias: Universidade – URL Curta: jornal.usp.br/?p=371172
Objetivo é difundir conhecimento sobre harmonização orofacial – Imagem: Freepik / Racool_studio

.

Em projetos universitários, estudantes têm a oportunidade de aprender conceitos além da graduação. A Liga Interdisciplinar de Harmonização Orofacial (LIHOF) criada pela Faculdade de Odontologia (FO) da USP, em São Paulo, é um exemplo. O objetivo do novo projeto é difundir conhecimento sobre essa nova especialidade odontológica.

Reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), a Harmonização Orofacial é um conjunto de procedimentos que possibilitam equilíbrio entre os aspectos funcionais e estéticos da face, como um sorriso mais saudável e bonito. A nova Liga é uma maneira de contribuir com o aprendizado dos conceitos relacionados a essa especialidade, como anatomia facial, farmacologia, anestesiologia, oclusão e biomateriais.

“O próprio SUS já está utilizando procedimentos de harmonização orofacial em tratamentos odontológicos, como a aplicação de toxina botulínica tipo A em casos de distonia, espasmos, hemifaciais e espasticidade”, contou Alexia Toledo Ferro, presidente da Liga.

Estudantes interessados em participar do projeto podem realizar o processo seletivo em andamento. A primeira etapa será constituída por um curso introdutório de duas aulas. As etapas seguintes serão compostas de prova escrita e entrevista com os candidatos. Para participar, é preciso se inscrever no curso introdutório até o dia 30 de novembro por meio do formulário on-line. As aulas estão previstas para os dias 8 e 9 de dezembro.

Mais informações podem ser encontradas na página do Instagram.

.

Com informações da Faculdade de Odontologia da USP

publicado no Jornal da USP

 

Skip to content