(Português) Nos 120 anos da FOUSP, a unidade outorga grau de Cirurgião-Dentista aos alunos das Turmas 121 e 122

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Na última sexta-feira, 19 de fevereiro, foi realizada a sessão extraordinária solene da Congregação para outorgar o grau de cirurgião-dentista às turmas 121 e 122 da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo. Mesmo em meio a pandemia do novo coronavírus, a unidade fez um esforço, superando as expectativas, e através de videoconferência conseguiu realizar uma linda cerimônia — respeitando as normas de biossegurança — para coroar a caminhada dos integrantes de ambas as turmas.

O evento teve transmissão aberta no canal da FOUSP e, com mesa composta, presencialmente, pelo Prof. Dr. Rodney Garcia Rocha, Diretor; o Prof. Dr. Dalton Luiz de Paula Ramos, Presidente da Comissão de Graduação; e o Prof. Dr. Giuseppe Alexandre Romito, Vice-presidente da Comissão de Graduação.

A elaboração da cerimônia foi mais um desafio que a pandemia da Covid-19  trouxe. Como disse o Diretor em seu discurso, tudo começou lá em março de 2020, desde a adequação do oferecimento de disciplinas para os estudantes, seguindo as orientações da Pró-Reitoria de Graduação, que solicitava sempre especial atenção aos concluintes do curso. Segundo a assistente acadêmica, Sra. Sissi Fuzishima: “ao final do ano, os colegiados voltaram suas atenções para a análise da possibilidade de conferir o grau aos concluintes, observadas as opções dadas pela legislação em vigor, de forma que os estudantes pudessem iniciar suas vidas profissionais sem prejuízos acadêmicos”.

Constatada a condição para oferecer a conclusão do curso, iniciou-se a conferência de cada histórico, de cada situação acadêmica, até a listagem final de estudantes aptos a receberem o grau. Nessa fase, trabalharam a Assistente Acadêmica, Sra. Sissi Fuzishima, e os secretários do Serviço de Graduação, Sr. Carlos Augusto Bordignon e Srta. Marlete Benjamin dos Santos.

Após esta primeira fase de prospecção de formandos, com análise da condição de cada aluno, passaram a participar da organização do evento os funcionários da Seção Técnica de Informática e Audiovisual, Srs. Alcimar Jorge Ambrósio, Diego Santana Zuqueto e o funcionário do Centro de Produção Digital Edmir Matson, Sr. Leandro Augusto Costa. “A sala da Congregação recebeu os principais equipamentos para transmissão do evento, organizada de acordo com as normas de biossegurança, respeitados os distanciamentos mínimos exigidos, com um reduzido número de pessoas no ambiente — respeitando o protocolo de biossegurança —  para a conexão via Google Meet, com o CPDigi  preparado para a transmissãoe.

A escolha do YouTube pela organização da cerimônia de colação de grau está pautada numa linha adotada pela FOUSP como um todo. Afinal, atualmente, é a plataforma oficial utilizada pela Universidade de São Paula para transmissão de sessões do Conselho Universitário, USP e as Profissões e demais eventos que necessitam de amplo recurso de acesso. Além do YouTube ser a melhor plataforma para o tipo de evento, a casa ofereceu todo o suporte necessário para formandos e professores: “enviamos as orientações por e-mail aos estudantes, fizemos uma sessão teste para verificar a capacidade de várias conexões simultâneas, os docentes foram orientados pelo roteiro do evento. Além disso, os representantes de turma também podiam nos contatar para ajudar a solucionar algum contratempo no momento do evento, algo que não ocorreu”, detalhou a Sra. Sissi Fuzishima.

Em seguida, foi a vez do Presidente da Comissão de Graduação, o Prof. Dr. Dalton Luiz de Paula Ramos, de proferir algumas palavras em homenagem aos formandos: “senhoras e senhores, familiares e amigos que nos assistem, e em especial caríssimos estudantes, a partir de hoje colegas cirurgiões-dentistas. Parabéns, é uma grande conquista esse grau que vocês obtêm hoje, trata-se de uma vitória ainda mais especial, mais rica, no contexto histórico que nos encontramos. Há uma passagem do livro de provérbios da bíblia que diz: “o ouro e a prata são provados pelo fogo”, isto é, no momento da dificuldade que se revela o que tem valor. E esse último ano — e não preciso entrar em detalhes de todo o contexto da pandemia que vivemos — é claro que tivemos restrições, prejuízos, mas vocês, apesar das limitações impostas pela pandemia, se empenharam e alcançaram a meta que sonhavam há cinco ou seis anos, como calouros, que era a de se obter o grau de cirurgião-dentista, então, meus parabéns”.

Após demonstrar o valor da conquista alcançada pelos formandos, Dalton Luiz de Paulo Ramos fez questão de marcar que diversas pessoas são responsáveis por toda essa caminhada: “como uma pessoa não se faz a si própria”, na história particular de cada um de vocês com certeza é possivel identificar quem são esses outros dos quais se depende, e com quem cada um de vocês compartilha essa vitória. Sem medo de errar, afirmo que os primeiros dessa lista são os pais, que lhes deram a vida, e dependendo de cada história particular lhes deram muito mais. Aos que têm o privilégio de tê-los ainda ao lado, com vida e saúde, alegrem-se. Aos que a providência ceifou dessa oportunidade, vamos lembrar deles com carinho e gratidão. Parabéns aos pais, de certa forma o título hoje obtido por seus filhos também é de vocês. E acontece também, nas distintas histórias particulares, não são só os pais que se fizeram presentes, tantas outras pessoas que vocês formandos trazem no coração, outros familiares e amigos, tantos outros que só vocês podem listar e que também devem ser parabenizados hoje. Por isso, parabéns a todos!”. O Presidente da Comissão de Graduação salientou a importância do vínculo com a Universidade de São Paulo, alterando apenas o nome de “estudantes de graduação” para “alunos de pós, docentes ou, oxalá, poderem conferir grau a novos alunos”. Ele ainda deixou claro que a FOUSP está disponibilizando suas clínicas e laboratórios para que os formandos possam complementar sua formação, para um aperfeiçoamento daquilo que a pandemia os privou. Em sua fala final, desejou a todos, de coração, que Deus abençoa a cada um dos alunos, para que se realizem como pessoa e profissional.

Passado a colação podemos dizer que foi bastante satisfatório, possibilitando ter o mesmo ar solene que a casa prima na outorga de grau oficial, seguindo as normativas que determinam a colação de grau pública, com um cerimonial próprio e isso foi totalmente possível mesmo no modo digital. Evidentemente há prejuízo, afinal passamos por um momento delicado de pandemia, não permitindo o evento ser feito de modo presencial: “a colação de grau é um momento de muita emoção, em que todos os estudantes estão em confraternização, comemorando a conquista de anos de estudo e dedicação. É um momento de abraços, sorrisos, boas palavras. Ao fazermos o evento de forma digital, o que se perde é esse afeto próprio dos encontros”, complementa a Assistente Acadêmica.

Em suas palavras, o Diretor fez uma retrospectiva de tudo o que ocorreu, desde o dia 20 de março de 2020, até os dias atuais. Intitulado deDias difíceis estes pelos quais passamos, está transcrito abaixo o discurso em sua íntegra:

No dia 17 de março de 2020, a Diretoria da Faculdade foi informada de que uma de nossas servidoras, do Setor de Urgência da Clínica Odontológica- havia manifestado sintomas clínicos próprios  de ter adquirido a COVID-19. Imediatamente as atividades clínicas foram suspensas.

Naquele momento já tínhamos noção dos vários desafios que o mundo estava enfrentando, principalmente com a situação envolvendo os países da Europa. O que não tínhamos era a ideia do que estava por vir.

A Universidade de São Paulo, ainda na última semana de março, suspendeu, em todas as unidades de seus “campis”, as aulas presenciais em todas as suas modalidades, sejam elas teóricas, de laboratórios e as de práticas clinicas com atendimento de pacientes. Seu intuito foi  garantir a segurança dos estudantes, professores e servidores diante de uma doença de difícil controle, desconhecida nas suas manifestações clínicas e que marcadamente estava levando a óbitos uma quantidade enorme de pessoas.

 Por outro lado, deveríamos assegurar a continuidade do ensino. Recomendava se, então, por decisão da Pró Reitoria de Graduação, o ensino das atividades teóricas por meio do ensino à distância. Nos vimos, de uma hora para outra, a enfrentar e nos envolver com uma nova logística – as aulas com transmissão “on line”.

 A Comissão de Graduação da Faculdade de Odontologia, presidida pelo Professor Dalton Luís de Paula Ramos viu-se frente a dilemas e desafios. Qual plataforma de ensino remoto deveria ser implementada: a síncrona ou a assíncrona. Entre essas opções qual seria a mais simples e com maior probabilidade de aceitação pelos nossos docentes e com  qual delas nossos estudantes encontrassem menores dificuldades.

Percebia-se, naquele curto espaço de tempo para a tomada de  decisões, que o ensino da graduação seria, dentre as atividades – fim da Universidade ( ensino, pesquisa e extensão ), o que teria maiores dificuldades, e que a concentração dos esforços da Universidade como um todo deveria estar voltada em sua totalidade para a mitigação de eventuais problemas que iriam surgir e  que seriam desafiadores para sua continuidade e o alcance de um provável sucesso, em que ainda tínhamos muitas dúvidas. Na Faculdade de Odontologia eram 782 estudantes, com o desenvolvimento de 57 disciplinas obrigatórias, 14 disciplinas optativas com 143 professores e , ainda, sem agregar as disciplinas dos Institutos de apoio ao ensino odontológico: O ICB (Instituto de Ciências Biomédicas), o IB ( Instituto de Biociências e o IQ ( Instituto de Química).

Primeiro enfrentamento: acesso ao ensino remoto dos estudantes e professores. Alguns professores dominavam a plataforma; outros mais ou menos e, também, os que não tinham tido qualquer domínio ou treinamento. Dos estudantes, os gargalos apareceram quanto à internet, os computadores, notebooks e, ainda, o problema dos que residiam no CRUSP. Associados a isso, professores e estudantes depararam-se com a necessidade de utilizar os ambientes domésticos para o trabalho e os contornos de ordem familiar com o compartilhamento dos computadores. Felizmente, com o apoio da Universidade foram distribuídos os Kits para acesso à internet; o Centro Acadêmico da Faculdade prestou solidariedade emergencial e vários professores também o fizeram.

O segundo enfrentamento foi preparar a Faculdade para o retorno presencial das atividades acadêmicas e administrativas. Isto no início do mês de abril. Sob a coordenação do Prof. Giulio Gavini, vice-diretor, montou-se um Grupo de Trabalho – das Adequações dos Ambientes Internos e Externos – com envolvimento da Supervisão da Clínica Odontológica, da Administração, da Informática e da Comissão de Biossegurança. De forma ágil e remotamente mapearam protocolos, modelos, normas técnicas nacionais e internacionais, consultas a especialistas, reuniões com outras faculdades de Odontologia públicas do estado de São Paulo, com a Associação Brasileira de Ensino Odontológico, entre outros encontros. Na primeira quinzena do mês de maio este Grupo de Trabalho já apresentava um documento amplo no qual estavam contidos como deveriam ser os ambientes das salas de aulas, as  adequações e modificações  físicas  dos  setores da Clínica Odontológica; a climatização mais apropriadas dos ambientes com os sistemas de exaustão e ventilação; o controle dos aerossóis; a ocupação da Clínica Odontológica, das salas de aula , dos laboratórios de ensino e pesquisa, dos ambientes internos e externos da Faculdade; os modos operacionais do distanciamento; como lidar com as descontaminações dos equipamentos, dos aparelhos, dos materiais e dos instrumentais de uso odontológico; a introdução da informatização dos prontuários clínicos; a paramentação dos estudantes, professores e servidores; o fluxo dos pacientes; os EPIs; o descarte de resíduos e  a construção de uma tenda externa para triagem dos pacientes. Este documento, elaborado para ser dinâmico  e  apropriado para receber as atualizações periódicas , continha  as orientações para assegurar com a maior segurança possível o retorno da Faculdade de Odontologia à  suas atividades.

Baseado neste documento, entram em ação, no mês de junho, 10 professores, 04 servidores e 01  estudante  de graduação para a formação da Comissão de Retorno. Seria responsável para traçar as prioridades para a ocupação dos laboratórios de ensino e pesquisa e da Clínica Odontológica com a aplicação de uma  reengenharia  que estabelecesse a melhor e mais adequada distribuição da grade horária das disciplinas.

Diversas modificações foram realizadas para proporcionar o retorno seguro dos estudantes. Fruto de um trabalho conjunto das três faculdades de odontologia da USP – São Paulo, Ribeirão Preto e Bauru – por meio da Pró Reitoria de Graduação e da Vice–Reitoria foram destinados recursos financeiros para as adequações dos ambientes físicos, para a aquisição dos EPIs ( máscaras , face shields, gorros e aventais) e dos pijamas aos  estudantes, professores e servidores da Clínica Odontológica e dos laboratórios.

 O planejamento para o retorno estava pronto. As expectativas também: seria em agosto, em setembro, em novembro? As Faculdades das áreas de saúde da USP já tinham as autorizações para esse retorno das aulas presenciais com prioridade para os estudantes do último ano, os concluintes. As incertezas sobre as contaminações ainda rondavam a população brasileira. Agora era aguardar as liberações, conforme os Planos de Contingência do Estado de São Paulo e da   própria USP.

Em novembro a USP publica o calendário de reposição das aulas  de 2020 que estabelece para os concluintes a data de final de março de 2021 e para as outras turmas  o  mês de julho. Movimentos das turmas 121 e 122 solicitam finalizações das atividades baseadas nas portarias emanadas do governo federal. A Faculdade, pela Comissão de Graduação, responde que pela manutenção mínima da qualidade de ensino oferecido e pela necessidade do cumprimento mínimo dos dias letivos o atendimento das solicitações não seriam aceitos. Entretanto, se prontifica, de imediato, realizar um novo empenho na tentativa de mitigar ainda mais a possibilidade de redução dos prazos e um novo planejamento acadêmico é executado baseados em orientações emanadas da Pró Reitoria de Graduação. Para cada estudante concluinte,  uma varredura, de  sua situação nas disciplinas oferecidas neste último ano, é realizada. São computadas as horas atividades teóricas, nas práticas e no cumprimento dos estágios. Esta vasta análise revelou que os estudantes tinham cumprido uma alta média dessas atividades e que uma grande parte ainda não tinha informado suas horas em estágio. Isto indicou que existia a possibilidade de flexibilização do calendário e que todas atividades poderiam ser cumpridas até a data de 29 de janeiro de 2021, preservando a qualidade do ensino, cumprindo os dias letivos e garantindo a missão da Faculdade de Odontologia de formar cirurgiãs e cirurgiões-dentistas por meio de uma estrutura educacional técnico-científica com extrema repercussão no estado de São Paulo e no país.

Por isso, hoje, 19 de fevereiro  estamos  realizando esta sessão de colação de grau e, com certeza, honrados pelo privilégio de participarmos desta cerimônia.

Volto ao início de minha fala.

Passamos dias difíceis, mas com foco, determinação, tolerância e colaboração de todos: professores, estudantes e servidores, chegamos a um porto seguro.

Ao encerrar devo agradecer e cumprimentar

  • A vocês formandos. Foi difícil.  Incerteza, insegurança, cansaço. Diante da impaciência da juventude vocês mantiveram  a tolerância para a travessia em todos esses anos de convívio e, em especial, neste período de maior dificuldade. Mas, felizmente, podemos comemorar. Vocês estão preparados para um futuro profissional promissor. Sejam felizes.
  • Aos Professores Doutores Ana Cecilia Correa Aranha, docente do Departamento de Dentística, patronesse da turma 121 e Roger Nishyama ,docente do Departamento de Prótese, paraninfo e professor homenageado da turma 121.
  • Aos Professores Doutores Edson Aparecido Liberti, docente do Departamento de Anatomia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP , patrono e professor homenageado da Turma 122 e ao Professor Doutor Richard Halti Cabral, docente do Departamento de Anatomia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, paraninfo e também professor  homenageado da turma 122, cumprimento e parabenizo-os por suas competências pedagógicas e pelo prazer de vivenciar e transmitir a profissão odontológica.
  • Às Senhoras Sabrina Rodrigues Sassaki, servidora técnico-administrativo da Clínica Odontológica, homenageada pela Turma 121 e a Doutora Aline Yonara Martins Bezerra,  também servidora técnico-administrativo da Clínica Odontológica, homenageada pela Turma 122,  que sempre de forma alegre e solidária vem,no dia a dia, contribuir para o funcionamento da Faculdade, minhas homenagens pelo reconhecimento dos nossos estudantes.
  • Não poderia deixar também nossos cumprimentos às pessoas mais importantes nesse cenário solene: os pais, os avós, os irmãos, enfim todos os demais familiares. Vocês foram os companheiros sempre presentes nas vidas de nossos formandos e em todos os seus momentos. Parabenizo-os e que esta nova etapa na vida de seus filhos seja de muito sucesso.
  • Ao Dr. Marcos Jenay Capez, Presidente do Conselho Regional de Odontologia do Estado de São Paulo pelo apoio e incentivo aos nossos estudantes que neste momento adentram ao mundo profissional da Odontologia e, também, pelo apoio sempre presente e constante para com a Faculdade de Odontologia .
  • Não poderia deixar de publicamente, como diretor da Faculdade e pessoalmente, de prestar em nome de toda comunidade, com muito respeito e consideração os agradecimentos:
  •  Ao incansável trabalho da Comissão de Graduação. Professor Dalton Luís de Paula Ramos e Professor Giuseppe Alexandre Romito e  todos os  professores e estudantes membros desta Comissão a nossa gratidão. Mantiveram se focados, tolerantes, firmes. Venceram.
  • A Assessoria Acadêmica. Quantas horas de dedicação. Que demonstração de profissionalismo. Sissi, nossa Assessora, muito obrigado. Estendo nossos cumprimentos ao Carlos Augusto Bourdignon, a Maria de Lourdes Afonso Guimarães, a Marlete Benjamin dos Santos e a Rosa também pela dedicação e tolerância com os nossos estudantes.
  • Ao Professor Giulio Gavini, vice-diretor da Faculdade. Sem nenhuma dúvida e com um interesse incomum abraçou de imediato a condução e a responsabilidade em fazer com que pudéssemos, num curto espaço de tempo, a ter em nosso ambiente de trabalho as condições de um retorno seguro frente a uma inesperada situação   que envolvia riscos. Não trabalhou sozinho. Teve a dedicação do Professor Carlos Adde, supervisor e dos chefes de setores de pacientes e ao dos alunos, respectivamente, Sra. Evelin Regina de Freitas e Sr. Adauto Menezes da Clínica Odontológica; do Assessor Administrativo e Financeiro Sr. Rosivaldo da Silva Borges e das Sras. Graziela Malagutti e Dayse Fazzolaro, secretárias da Diretoria. Não mediram horas e nem dias, remota e presencialmente, estiveram firmes em cumprir o trabalho de adequar as áreas e setores para o retorno às atividades presenciais.
  • À Comissão de Biossegurança. Quanto trabalho. Compensou. Nos sentimos mais seguros em voltar às atividades acadêmicas e administrativas. Na pessoa do seu presidente Professor José Leonardo Simone agradeço a toda a Comissão de Biossegurança pela dedicação e pelo resultado desenvolvido.
  • A toda a equipe do Setor de Informática , que na pessoa do coordenador Sr. Alcimar Ambrósio, tem demonstrado responsabilidade profissional técnica avançada, construtiva e facilitadora
  • À Reitoria  e Pró Reitoria de Graduação da Universidade de São Paulo nas pessoas do Vice Reitor, Professor Antonio Carlos Hernandes e Professor Edmund Baracat Chada, Pró Reitor de Graduação pelo apoio sempre presente.
  • À todos os Departamentos da Faculdade, disciplinas e aos seus professores e servidores pela continuidade dos trabalhos durante esses meses em que remota e mesmo presencialmente colaboraram com o andamento das atividades acadêmicas e administrativas e, em especial, para o retorno dessas atividades.
  • E  todos os que acompanharam esta sessão solene da Congregação de Colação de Grau das Turmas 121 e 122  da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo.

 

 Muito obrigado.


Além dos formandos, acompanharam a solenidade, conectados, para atendimento das normas de biossegurança, em razão da pandemia da Covid-19:

  • Prof. Dr. Giulio Gavini, Vice-Diretor da Faculdade de Odontologia.
  • Dr. Marcos Jenay Capez, Presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo.
  • Profa. Dra. Ana Cecilia Corrêa Aranha, docente do Departamento de Dentística da Faculdade de Odontologia, patronesse e também homenageada da turma 121.
  • Prof. Dr. Roger Nishyama, docente do Departamento de Prótese da Faculdade de Odontologia, paraninfo e também homenageado da turma 121.
  • Prof. Dr. Edson Aparecido Liberti, docente do Departamento de Anatomia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, patrono e também homenageado da turma 122.
  • Prof. Dr. Richard Halti Cabral, paraninfo e também homenageado da turma 122.
  • Sra. Sabrina Rodrigues de Carvalho Sassaki, servidora lotada na Clínica Odontológica da FOUSP, homenageada da turma 121.
  • Sra. Aline Yonara Martins Bezerra, servidora lotada na Clínica Odontológica da FOUSP, homenageada da turma 122.

Formandos que receberam o grau de cirurgiões-dentistas:

Adriana Aleixo Nogueira

Adrielli Ferreira Moura

Adrieny Ullian Bastos

Alexia Toledo Ferro

Aline Pereira de Menezes

Aline Piruna Martins dos Santos

Amanda Bonelli

Amanda Costa Rodrigues

Amanda Cristina Alves Sisti

Amanda Lopes Campos

Ana Beatriz Ayancan

Ana Luisa Meira Renzo

Ana Paula Ayres Pinheiro de Lima

Ana Paula Caitano dos Santos

Ana Victoria Saboia Bertoletti

André Pereira Falcão

Angela Beatriz Pereira Paiva

Anna Carolina Alves Pieruci

Barbara Michaela Reis da Silva Marcelino

Bárbara Schneider Larios

Barbara Sousa Campos

Beatriz Afonso Chiliti

Bianca Paulo da Silveira

Bianca Stefany Zala

Bruna de Paula Okamura

Bruna Hernandes Rodrigues

Bruna Lucas Zaffarani

Bruno Bachiega da Silva

Camila Cardoso Cabral

Camila Novais Luz

Carolina Duarte Mattos

Caroline Rachel Corrêa Gasparri

Cecilia Cardoso Kfouri

Danilo Mendes Bianchi

Debora Galioti Guimarães

Deborah Neto Vivona

Elisa Abreu Diniz

Ellen Evangelista Ignácio

Emanuele Vieira Andrade

Emilie Helena Idogava

Emilli Yukari Yoshihara

Fabiola Silva Moura

Fernanda de Sousa Fernandes

Fernando Juliano Cardoso Pinheiro

Gabriela Borges Saldys

Gabriela de Cássia Prado

Gabriela Higuchi Ribeiro

Gabriela Nobre Silva

Gabriella Mota Assunção Galasse

Gabriella Rodrigues Correa

Gabriella Scheffer Martins de Souza

Giovanna Dantas Aguiar

Giovanna Nogueira Pareja

Giovanna Zerbato Sanchez

Giulia Cristina Deiro Almagro

Guilherme Stangler Weiss

Iasmim da Fonseca Barros

Ingrid Godoy Rodrigues

Isabela Kanaciro Burim

Isabella Berlingieri Polho

Isabella Souza Nunes

Joyce Campos de Miranda

Julia Pereira Magalhaes

Julia Souza Ribeiro dos Santos

Juliana Ferreira da Silva

Leandro Rossini Bernardi

Leticia Lima da Silva

Leticia Mayumi Takeda

Leticia Porto de Assis

Leticia Tandelo Toda

Leticia Tesser Santos

Leticia Vieira Wahl Pereira

Lilian Ebele Abreu Utomi

Lisa Milanesi Trevisan

Luana Nascimento

Lubna Rafie Najem Abdalla

Lucas Carneiro Moreira

Luis Henrique Zaccharias Okuyama

Luiz Henrique Nunes de Aguiar

Luma Taisse Simoes Honorio da Silva

Maite Corsi Novais

Marcelo Gomez Brito Neto

Marcelo Monteiro

Marcia Yumi Makibara

Maria Clara Lembo Teixeira

Maria Luisa Pereira Marinho

Mariana Bassanezi Nascimento

Mariana Pereira Montovani

Mariana Rodrigues Cesar Carneiro Teixeira

Mariane Alves de Souza

Mayra Yuka Taguchi

Micherlaine Moreno Pereira

Nayara Stefany Leite de Lima

Nicole Pischel

Nicole Stephanie Piteri Porto

Paloma Tavares de Araujo

Pamela Kulicz Roling Gonçalves

Rafaela Paschoalin Nigro

Raquel Tatsumoto Favarini

Rebeca Correa de Santana

Renan Felip Neres Santos

Renata Colla Thosi

Renato Leão Errico

Rodrigo Luiz Mignanelli Marques

Rose Marry Pessoa Serafim

Samera Kandil Mohamad El Bacha

Sara Lais Pereira da Paz

Sarah Domenique Pereira de Souza

Sofia Crepaldi Mazzilli Pelosini

Stephanie Furtado Gerolin

Tatiane de Moura Souza

Thais Freitas Rabelo

Thais Massaretto Toledo Lima

Vanessa Oliveira de Matos

Victoria de Oliveira Ushli

Victoria Martins Nobrega

Victória Niz Varela Chagas

Vinicius Jun Sakurai

Vinicius Pizani de Almeida

Vitor Bezerra

Vitor Rodrigo Pino Muniz

Vitoria Goncalves dos Santos

Willian Miady Miquelin

 

 

 

 

Skip to content