(Português) Gestão atual busca resgatar a história do CUBO

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

A história da Faculdade de Odontologia  passa pelo Congresso Universitário Brasileiro de Odontologia (CUBO) que apresenta uma trajetória de sucesso na odontologia, sendo o maior evento universitário de odontologia da América Latina. Por isso, com a troca de gestão no final do ano passado, os novos integrantes do CUBO sentiram a necessidade de realizar um resgate dessa história de sucesso.

Nesse sentido, assim que a nova gestão assumiu, notaram como havia pouco material do CUBO dos anos anteriores, mesmo com o enorme carinho que todos tem pelo evento. “Percebemos que os alunos mais recentes da FOUSP não possuem tanta ligação afetiva com o congresso apesar de ser um evento renomado há 45 anos. Sendo assim, decidimos resgatar nossa história, para deixar guardada para as gestões futuras, e também para mostrar pros alunos mais novos a grandiosidade do CUBO, para que eles consigam entender a importância de participar de um evento assim, organizado apenas por alunos da própria faculdade”, contou Ilana Félix Pinho, atual presidente.

A idealização do projeto, de resgatar a história do CUBO, tem como premissa valorizar tanto o congresso e a FOUSP como as diversas histórias individuais de quem participou de alguma forma do evento, seja como organizador, palestrante ou congressista. “Pretendemos fazer uma série de vídeos no IGTV (instagram), cada um detalhando um período diferente da história do congresso, além disso estamos planejando fazer um blog/site que contenha todos os depoimentos, fotos, flyers e vídeos que estamos recebendo para que todos os alunos tenham acesso a esse material”, detalhou Ana Carolina, vice presidente.

Visando aproximar cada vez mais o CUBO dos alunos da FOUSP, a gestão está buscando maneiras de chegar até aquele aluno que não conhece o que é o evento ou até aquele que não despertou interesse num primeiro momento. Para isso, optaram por focar em que acabou de ingressar em odontologia da Universidade de São Paulo (USP): “queremos que o primeiro contato dos calouros com o congresso seja mais informativo e que eles conheçam um pouco mais sobre a história do congresso. Então para o vídeo tradicional de apresentação da gestão, geralmente exibido na semana de recepção, queremos falar um pouco sobre a criação do CUBO e onde estamos agora com o congresso, 45 anos depois”.

Para recolher todo o material possível, a gestão está se esforçando ao máximo na divulgação e captação de informações. “Uma fonte que estamos conseguindo muitos contatos é através de alguns panfletos antigos de edições anteriores e que estavam guardados em nossa sala do cubo. Entramos em contato com as pessoas que aparecem nos panfletos, e muitas vezes através delas mesmo vamos conseguindo contatos de pessoas de outras gestões”. Outra forma fácil de contato são as redes sociais do CUBO, além de e-mail e telefone para contato, que estão sempre a disposição para recolher qualquer fonte de informação no sentido de resgatar a história do congresso.

 

Instagram: https://instagram.com/cubofousp?igshid=osqof9mnvqm6

Facebook: https://www.facebook.com/CUBO.USP

E-mail: cuborecepcao@gmail.com

Whatsapp: (11) 94464-2059


O que o CUBO representa para a gestão atual

 

Ilana Félix Pinho (Presidente): “o CUBO me faz sentir parte de fato da FOUSP, afinal, eu sempre gostei do curso e da faculdade mas por alguns momentos, devido ao estresse de aulas e clínicas diárias, eu me sentia cansada e com a sensação de que eu era “mais uma aluna” entre tantos, não sentia que eu fazia a diferença. Entrar no CUBO fez eu perceber o valor que eu tenho, perceber o valor que a própria FOUSP deposita nos alunos para realizar algo. Organizar um evento deste porte e ao final do ano ver tudo acontecendo de fato, o feedback positivo dos colegas, professores e palestrantes é muito gratificante. Para os alunos da FOUSP, que participam como congressistas, acredito que representa conhecer as várias vertentes da odontologia atual. Já para aqueles que participam como organizadores, significa fazer a diferença na odontologia, desde a graduação, e a oportunidade de aprender coisas que não aprendemos nas disciplinas regulares, como poder de negociação, planejamento financeiro, habilidades em programas de edição de fotos e vídeos, que hoje em dia fazem a diferença para um profissional formado”.

 

Ana Carolina Correia (Vice Presidente): “o CUBO foi o que ajudou a me encontrar na faculdade, no primeiro ano de curso estava bem desanimada com tudo e participar do congresso fez eu ver a dimensão da odontologia e a variedade de caminhos possíveis nessa profissão, além disso, ver a dimensão que o evento tem foi algo que me impressionou muito. Ao perceber que a faculdade interrompia todas as atividades para esse congresso no começo não me impressionava muito, mas quando fui no meu primeiro CUBO e percebi a complexidade, o impacto e a importância deste evento, tive a vontade imediata de participar da gestão para ajudar e também aprender como que alunos conseguiam fazer um evento assim. Pra mim, a importância de resgatar a história é o CUBO cimentar mais ainda seu lugar como uma entidade da FOUSP. Acho que como alunos estamos mais acostumados com o congresso, então acabamos achando algo comum, mas é um grande triunfo dos alunos de graduação, e que deve ser celebrado. Então resgatar essa história é muito importante para sabermos a trajetória do congresso nesses últimos 45 anos, algo que percebemos que fica um pouco perdido entre as gestões”.

 

Danielle Yumi Shimabuko (Diretora de Recepção): “o CUBO pra mim está sendo uma forma de me conectar mais com a parte acadêmica da faculdade. Desde o meu primeiro ano sempre fui muito envolvida com as atividades extracurriculares que a faculdade proporciona, mas de uns tempos para cá sentia que eu estava me envolvendo pouco com as partes acadêmicas em si. Participei durante meus dois primeiros anos da atlética, e me envolvi bastante, mas senti que agora eu precisava seguir mais para essa parte acadêmica, e o CUBO me proporciona justamente essa aproximação. Fazendo parte da organização, sinto que estou realmente entendendo cada vez mais a odontologia como um todo, e poder ajudar a organizar e reviver cada história que aqui já foi vivida, está sendo uma experiência incrível.

 

Mirele Brito Silva (Diretora de Recepção): “o CUBO representa para mim a grandiosidade da nossa faculdade e a dimensão da odontologia diante sua gama de conhecimentos, atuação, áreas, pesquisa e inovações. De modo que, segue ano após ano com esse congresso maravilhoso, no qual nós estudantes da FOUSP temos a oportunidade de fazer parte da gestão, da construção de cada edição, sempre buscando o aprimoramento do CUBO. E fazer parte dessa equipe é muito bom, pois mediante a correria da rotina acadêmica encontramos nessa entidade motivação para continuar admirando o mundo da odontologia, nos desafiamos, obtemos crescimento na área profissional, diante das diversas experiências que temos, além de evoluir como ser humano. Ver o resultado final do trabalho da equipe não tem preço, é muito gratificante, faz tudo ter valido a pena. Afinal, antes mesmo de fazer parte da gestão do CUBO já o admirava muito, e ficava pensando: “nossa que massa, um congresso desta dimensão ser realizado por alunos”, e disse para mim mesma “quero fazer parte disso, não só como congressista, mas como gestão, se não minha passagem pela FOUSP não será completa”. E por isso acho super importante preservar a história do CUBO, genial a ideia da Ana e da Ilana, pois temos o conhecimento de quanto o CUBO, desde das primeiras edições, era grandioso, e talvez bem mais, considerando os meios de comunicação da época. Olhar para trás e ver que sua relevância no mundo da odontologia é muito legal. Sem dúvidas, não podemos deixar essa história ser perdida, pretendemos resgatar as informações não armazenadas, não conhecidas e apresentar para quem quiser entender um pouco mais a história real do projeto, assim,dando continuidade ao projeto e sempre mantendo de pé a história do CUBO”.

 

Samara Franco da Silva (Diretora de Recepção): “o CUBO representa a possibilidade de ultrapassar limites e barreiras e, junto com toda a gestão, como uma equipe, construir um grande e renomado Congresso de Odontologia feito exclusivamente por alunos, o que muitos acreditam ser impossível. Ao mesmo tempo, ele é a possibilidade de aprofundar, conhecer e se surpreender com as novidades da vasta área Odontológica. Eu acabei de entrar nesta entidade e me sinto muito orgulhosa em poder fazer parte da realização desse projeto tão importante, junto com todas as pessoas que dividem a diretoria comigo. Não tenho dúvidas de que reviver a história do CUBO é reafirmar sua importância para a odontologia nesses 45 anos de vida, mas também garantir que essa história continue a ser contada e impacte ainda mais pessoas do que já impactou”.

 

Thaís Emilia da Silva (Diretora de Recepção): “estou em minha segunda participação na organização do CUBO, e têm sido uma experiência incrível. Antes de entrar na entidade me sentia uma estudante comum, que assistia aula, estudava e fazia provas, o CUBO me trouxe um sentimento de pertencimento à FOUSP e fez com que eu fosse além em minhas experiências acadêmicas. Foi muito bom participar do CUBO como congressista nos meus primeiros dois anos de faculdade e está sendo ainda melhor fazer parte da organização deste congresso que é um evento tão grande e de tamanha importância para a nossa faculdade. Ver como tudo acontece e saber que contribuí me faz sentir orgulho de tudo o que posso fazer, e ainda mais orgulho por saber que são apenas os alunos que fazem parte da organização, e que conseguimos, a cada edição, realizar o maior Congresso Universitário da América Latina. Em relação ao projeto de resgatar a história do CUBO, está sendo um privilégio ouvir tantos relatos, que são magníficos e que mostram como o CUBO transforma a vida e as perspectivas daqueles que já fizeram parte, tanto como congressistas e também como membros de gestões anteriores, acredito que é importante preservar a nossa história para que toda a comunidade da FOUSP tenha cada vez mais orgulho desta entidade tão linda que é o CUBO, e para que os futuros membros façam com que ela cresça ainda mais”.

Texto: Gabriel Cillo

 

Skip to content