(Português) CEUA da FOUSP realiza encontro online aprofundando a discussão sobre a importância do apoio institucional no uso de animais para o ensino e pesquisa

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

No início da tarde de segunda-feira, 22 de novembro, a Comissão de Ética e Uso de Animais da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (CEUA-FOUSP), coordenada pela Profa. Dra. Silvia Vanessa Lourenço, promoveu mais uma palestra online para discutir assuntos relevantes e diretrizes relacionadas à área de uso de animais de laboratório em pesquisa.

A transmissão ocorreu através do canal de YouTube da CEUA da FOUSP, exibindo a palestra “A importância do Apoio Institucional no Uso de Animais para o Ensino e Pesquisa”, ministrada pela Profa. Dra. Debora Rejane Fior Chadi, docente associada do Departamento de Fisiologia do Instituto de Biociências (IB-USP), além de ocupar o cargo de assessora da Pró-reitoria de Pesquisa da USP.

Ao início, a palestrante contextualizou a importância da preocupação do pesquisador quanto ao bem estar do animal utilizado no estudo, correlacionando com a qualidade da pesquisa, visto que garantindo o devido cuidado em relação a saúde dos animais, fornecendo uma estrutura adequada para cada espécie em questão, há maior possibilidade de alcance dos resultados desejáveis, com índices menores de equívocos.

Em paralelo, para que as pesquisas apresentem essa preocupação descrita, é necessário que haja uma capacitação adequada dos profissionais, de forma que os cientistas envolvidos saibam quais as demandas de cada espécie. Entorno de toda essa temática, em relação ao bem estar animal, há sempre as questões éticas ditando as regras dos estudos e diretrizes do pesquisador, com documentos de órgãos especializados.

Perante a temática de cuidado no trato com animais de pesquisa, é fundamental que haja uma CEUA responsável por fiscalizar todo o processo do estudo no qual os animais serão submetidos. Esse aparato, que garante os cuidados devidos, está submetido às normas de leis federais regulamentadas pelo Estado brasileiro, dando o devido respaldo legal para o desenvolvimento de qualquer pesquisa que envolva animais, não configurando maus tratos.

A docente Debora Chadi destacou a importância do uso de guias conceituados e especializados que «prezam pelo refinamento de métodos que visem a substituição ou redução do uso animal”. Deste modo, o documento inglês, ARRIVE guidelines (https://arriveguidelines.org/), apresenta uma série de 21 itens a serem seguidos pelos pesquisadores para melhorar o desempenho experimental e os padrões de relatórios para a pesquisa animal. Por isso, é fundamental que o idealizador tome conhecimento das diretrizes antes de iniciar a pesquisa, tendo como base para o planejamento e sequência de todo o processo.

Para acompanhar na íntegra a palestra sobre “A importância do Apoio Institucional no Uso de Animais para o Ensino e Pesquisa”, da  Profa. Dra. Debora Rejane Fior Chadi, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=ZXNC5t7MSsA

 

 

Ir al contenido