(Português) Felipe Ho, aluno da casa, recebe prêmio de melhor atleta na escalada esportiva em 2021

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

publicado no Jornal da USP

Felipe Ho concilia a graduação em Odontologia na USP e a carreira de escalador, que já o consagrou campeão brasileiro nas modalidades guiada, escalada e boulder

Felipe Ho no Prêmio Brasil Olímpico: “Gostaria de dedicar esse prêmio a todos os profissionais que me ajudaram nessa trajetória, bem como aos professores da minha faculdade que foram peças fundamentais nesse processo”, publicou no Instagram- Foto: Reprodução/Instagram @felipe.hoo

.
Aluno de graduação da Faculdade de Odontologia (FO) da USP, Felipe Ho Foganholo venceu o 22º Prêmio Brasil Olímpico, na modalidade Escalada Esportiva. Considerado o Oscar do esporte nacional, a honraria escolhe os melhores atletas olímpicos e paraolímpicos do Brasil anualmente. A celebração foi realizada em dezembro de 2021, quando um colégio eleitoral formado por atletas e ex-atletas, jornalistas e dirigentes ligados ao esporte selecionou nomes de 51 modalidades diferentes.

O Prêmio Brasil Olímpico se destina ao atleta, independente de gênero, que teve a melhor performance do ano na sua modalidade. O aluno da USP já foi premiado como melhor atleta na Escalada Esportiva por duas vezes e foi 13 vezes campeão brasileiro de Escalada Esportiva. O atleta alcançou o topo no ranking Brasil de competição e é um dos poucos no país a atingir os graus de dificuldade V14 e 9a na graduação francesa, em escaladas outdoor – modalidade praticada em ambientes naturais, como pedras e montanhas. Atualmente, Ho compõe a Seleção Brasileira de Escalada Esportiva, que estreou como esporte olímpico em 2020, nas Olimpíadas de Tóquio

Felipe Ho no atendimento clínico da Faculdade de Odontologia da USP, em março de 2019 – Foto: Reprodução/Instagram @felipe.hoo

Entre horas de treino, preparação física e fisioterapia, o atleta e estudante de odontologia diz usar a regra do “cobertor curto” para conciliar tarefas tão distintas. “Quando o Felipe não está de luva no laboratório ou na clínica da faculdade, ele provavelmente vai estar suado ou com magnésio na mão, treinando”, contou ao Jornal da USP.

A turma da Faculdade de Odontologia em que Ho ingressou, em 2017, já se formou. Mesmo assim, o estudante diz ter orgulho dos colegas e, embora atrasado, espera concluir a graduação. Motivado a se desenvolver no esporte e com o intuito de ter uma boa formação na faculdade, Ho decidiu trancar o curso no segundo semestre de 2017 e no segundo semestre de 2018. “Tem sido uma trajetória bem desafiadora, uma vez que tanto a Odonto quanto a minha carreira (no esporte) tem um valor muito grande pra mim”.

Apesar disso, o estudante diz não se arrepender. Na cerimônia de entrega do Prêmio Brasil Olímpico, em Aracaju, Ho agradeceu aos profissionais que o ajudaram em sua trajetória e também aos professores da faculdade. “Eu sou apaixonado por ajudar o outro e por cuidar da saúde e bem estar do ser humano, então indiretamente a odontologia é, sim, uma paixão e acredito que ainda aprenderei muito seguindo esse caminho”. A Faculdade de Odontologia da USP parabenizou o aluno pela conquista.
.

Foto: Reprodução/Instagram @felipe.hoo

.

A 22ª edição do Prêmio Brasil Olímpico também homenageou atletas dos Jogos Escolares Brasileiros e dos Jogos Universitários Brasileiros, os melhores técnicos do ano e ex-atletas. Saiba mais sobre o prêmio aqui e acompanhe a rede social do atleta em @felipe.hoo.

Skip to content