Os pacientes são atendidos durante o período letivo e o número de procedimentos realizados ultrapassa 13 mil por ano. As atividades desenvolvidas incluem orientação, prevenção e tratamento, visando à promoção da saúde bucal, e geram pesquisas científicas clínicas e laboratoriais.

O Centro de Pesquisa e Atendimento de Traumatismo em Dentes Decíduos tem por objetivo ampliar o conhecimento em relação aos traumas em dentes decíduos e as repercussões tanto nesses dentes como nos sucessores permanentes. São realizados atendimentos de urgência, tratamentos curativos e de reabilitação, cirurgias, mantenedores de espaço estético funcional removível e prevenção, além do acompanhamento dos casos, avaliando suas repercussões para a dentição decídua e permanente. Também realiza tratamento para sequelas nos dentes permanentes.

O Programa de Atualização Clínica em Odontohebiatria (Clínica de Adolescentes) é um espaço para estágio que oferece atendimento odontológico integral a pacientes entre 10 e 19 anos. A criação dessa clínica decorreu da necessidade de acompanhar os pacientes recém-saídos das clínicas de Odontopediatria para alunos da Graduação. Para realização dos tratamentos há a participação direta ou indireta de voluntários de outras disciplinas como Dentística, Endodontia, Prótese, Cirurgia e Radiologia. Além disso, há parcerias com profissionais de áreas afins (nutrição, medicina, psicologia, educação) para conhecer mais sobre os pacientes adolescentes.

O GEONUTRI (Grupo de Estudos de Odontopediatria e Nutrição) realiza tratamento integral visando recuperar a saúde bucal de crianças de baixo peso ou sobrepeso. São realizados tratamentos curativos e de reabilitação, cirurgias, mantenedores de espaço estético funcional removível e prevenção. Esse estágio é realizado em parceria com o CAPE da FOUSP e com profissionais da disciplina de Nutrologia Pediátrica da UNIFESP, onde as crianças recebem acompanhamento médico integral.

A clínica de ART (Tratamento Restaurador Atraumático) qualifica cirurgiões-dentistas para realizar esse tratamento mais confortável para o paciente que o tratamento convencional, uma vez que não utiliza instrumentos rotatórios, anestesia local e isolamento absoluto. Os pacientes são tratados e incluídos em pesquisa de longevidade de restaurações e aceitabilidade. A clínica objetiva, por meio de parcerias, capacitar cirurgiões-dentistas da rede pública para o uso do ART. Até o momento, já foram firmadas aproximadamente 15 parcerias com municípios do interior e da Grande São Paulo.

O GEAPE é o Grupo de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais que a disciplina de Odontopediatria desenvolve em parceria com o CAPE. Por meio dele se desenvolve o atendimento odontológico ambulatorial integral (diagnóstico, prevenção e tratamento) a pacientes especiais que apresentam distúrbios neuropsicomotores, síndromes de má-formação e doenças sistêmicas. O curso de Supervisão em Fonoaudiologia na Odontopediatria é um estágio para os alunos da Graduação em Fonoaudiologia da USP, supervisionado por fonoaudiólogos e dentistas. Esse curso proporciona aos alunos da Fonoaudiologia o aprendizado das características e alterações fonoaudiológicas no paciente infantil, além do treinamento para o tratamento das alterações miofuncionais, por meio de orientações e terapias.


Agendamento/Inscrição: A Disciplina de Odontopediatria realiza triagens durante o período letivo. Para informações sobre as datas de triagem, ligue (11) 3091-7418

Os pacientes são atendidos durante o período letivo e o número de procedimentos realizados ultrapassa 13 mil por ano. As atividades desenvolvidas incluem orientação, prevenção e tratamento, visando à promoção da saúde bucal, e geram pesquisas científicas clínicas e laboratoriais.

O Centro de Pesquisa e Atendimento de Traumatismo em Dentes Decíduos tem por objetivo ampliar o conhecimento em relação aos traumas em dentes decíduos e as repercussões tanto nesses dentes como nos sucessores permanentes. São realizados atendimentos de urgência, tratamentos curativos e de reabilitação, cirurgias, mantenedores de espaço estético funcional removível e prevenção, além do acompanhamento dos casos, avaliando suas repercussões para a dentição decídua e permanente. Também realiza tratamento para sequelas nos dentes permanentes.

O Programa de Atualização Clínica em Odontohebiatria (Clínica de Adolescentes) é um espaço para estágio que oferece atendimento odontológico integral a pacientes entre 10 e 19 anos. A criação dessa clínica decorreu da necessidade de acompanhar os pacientes recém-saídos das clínicas de Odontopediatria para alunos da Graduação. Para realização dos tratamentos há a participação direta ou indireta de voluntários de outras disciplinas como Dentística, Endodontia, Prótese, Cirurgia e Radiologia. Além disso, há parcerias com profissionais de áreas afins (nutrição, medicina, psicologia, educação) para conhecer mais sobre os pacientes adolescentes.

O GEONUTRI (Grupo de Estudos de Odontopediatria e Nutrição) realiza tratamento integral visando recuperar a saúde bucal de crianças de baixo peso ou sobrepeso. São realizados tratamentos curativos e de reabilitação, cirurgias, mantenedores de espaço estético funcional removível e prevenção. Esse estágio é realizado em parceria com o CAPE da FOUSP e com profissionais da disciplina de Nutrologia Pediátrica da UNIFESP, onde as crianças recebem acompanhamento médico integral.

A clínica de ART (Tratamento Restaurador Atraumático) qualifica cirurgiões-dentistas para realizar esse tratamento mais confortável para o paciente que o tratamento convencional, uma vez que não utiliza instrumentos rotatórios, anestesia local e isolamento absoluto. Os pacientes são tratados e incluídos em pesquisa de longevidade de restaurações e aceitabilidade. A clínica objetiva, por meio de parcerias, capacitar cirurgiões-dentistas da rede pública para o uso do ART. Até o momento, já foram firmadas aproximadamente 15 parcerias com municípios do interior e da Grande São Paulo.

O GEAPE é o Grupo de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais que a disciplina de Odontopediatria desenvolve em parceria com o CAPE. Por meio dele se desenvolve o atendimento odontológico ambulatorial integral (diagnóstico, prevenção e tratamento) a pacientes especiais que apresentam distúrbios neuropsicomotores, síndromes de má-formação e doenças sistêmicas. O curso de Supervisão em Fonoaudiologia na Odontopediatria é um estágio para os alunos da Graduação em Fonoaudiologia da USP, supervisionado por fonoaudiólogos e dentistas. Esse curso proporciona aos alunos da Fonoaudiologia o aprendizado das características e alterações fonoaudiológicas no paciente infantil, além do treinamento para o tratamento das alterações miofuncionais, por meio de orientações e terapias.


Agendamento/Inscrição: A Disciplina de Odontopediatria realiza triagens durante o período letivo. Para informações sobre as datas de triagem, ligue (11) 3091-7418