Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Responsável: Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez

No Laboratório de Biologia Oral (LBO), é estudada a organização estrutural e funcional dos tecidos duros e moles da cavidade oral em condições de saúde, em situações experimentais e/ou em correlação com os diversos procedimentos clínicos odontológicos. O LBO dispõe de infra-estrutura e experiência em pesquisa básica aplicada à Odontologia, atendendo docentes e alunos das diversas disciplinas e departamentos da FOUSP para o planejamento e desenvolvimento de pesquisa básica e de pesquisa translacional em relação às clínicas odontológicas. Funciona também como um laboratório multicêntrico, pois realiza pesquisas em colaboração com outros centros nacionais e do exterior e sedia, nas suas instalações, o Biotério de Experimentação da FOUSP. O LBO desenvolve pesquisas in vivo (amostras procedentes de tecidos orais humanos e/ou de animais de experimentação) e in vitro (cultura de células) e possui equipamentos para o processamento de espécimes destinados à análise por diversos tipos de microscopia (de luz, de fluorescência, confocal a laser, eletrônica de varredura e eletrônica de transmissão), além de procedimentos complementares bioquímicos e de biologia molecular.
A Criação Com a reforma ocorrida no final da década de sessenta na USP, as faculdades profissionalizantes, entre elas a FOUSP, perderam os seus docentes e laboratórios das disciplinas básicas, os quais passaram a integrar o Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Com essa reforma, a FOUSP foi a única escola de Odontologia do sistema público do Estado de São Paulo que ficou desprovida das áreas básicas. No início da década de 1970, por ocasião da sua criação, numerosos dentistas integravam os quadros desse instituto; no entanto, em 2008 existiam menos de dez cirurgiões dentistas em um contingente de cerca de 150 docentes do ICB. No início da década de 1980, os Profs. Flávio Fava de Moraes (ICB) e José Nicolau (IQ), apontaram a necessidade de criar dentro da Faculdade um laboratório que suprisse as demandas por pesquisa básica. Porém, durante 30  anos isso não passou de uma idéia, que veio a ser retomada no ano de 2006, na gestão dos Profs. Drs. Carlos de Paula Eduardo e Suzana Cantanhede Orsini Machado de Souza, respectivamente Diretor e Vice-Diretora da FOUSP para o período 2005-2009. A Congregação da FOUSP, na sua reunião de 21 de dezembro de 2006, aprovou por unanimidade a criação do Laboratório de Biologia Oral, destinando uma área de aproximadamente 450 m2 para suas instalações, as quais incluiriam um biotério de experimentação, outra carência da Faculdade ao longo dos anos. Em reunião da Congregação de fevereiro de 2007, foi aprovada a utilização de uma verba proveniente da Fapesp de R$ 137.829,27 que, somada a uma verba de R$ 80.000,00 da própria Faculdade, faziam um total de R$ 217.829,27 para o início das obras destinadas à infra-estrutura básica do referido laboratório. Em fevereiro de 2008 a Congregação aprovou a utilização de uma segunda verba da Fapesp, de R$ 105.000,00. A Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Odontologia (FFO-Fundecto) suportou financeiramente a empresa de engenharia responsável pelo projeto. Além das verbas necessárias, era preciso também criar um cargo de Professor Titular de Biologia Oral, não existente até então, para que esse docente pudesse acompanhar as obras e ser responsável pelas atividades que seriam realizadas no LBO. No ano de 2007, a FOUSP recebeu essa vaga da Comissão de Atividades Acadêmicas (CAA) da Universidade, sendo alocada no Departamento de Biomateriais e Biologia Oral e preenchida através de concurso público pelo Prof. Dr. Victor E. Arana-Chavez em novembro de 2008. Em dezembro do mesmo ano, foi concedida uma verba de R$ 234.341,00, solicitada pela Diretoria da FOUSP junto à Magnífica Reitora Profa. Dra. Sueli Vilela, que liberou, em maio de 2009, um auxílio adicional de R$ 70.000,00 para confecção de parte das bancadas do laboratório. O LBO foi inaugurado no dia 16 de setembro de 2009, pelo Diretor da FOUSP, Prof. Dr. Carlos de Paula Eduardo, contando com a presença da Magnífica Reitora, Vice-Reitor e do Diretor da FAPESP, além das autoridades da Faculdade, docentes, funcionários e alunos e de numerosos convidados de outras unidades da Universidade.
Responsável:  Prof. Dr. Victor E. Arana-Chavez Técnica de Laboratório: Sra. Elisângela Chinen Docentes:
  • Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez
  • Profa. Dra. Alyne Simões Gonçalves
Colaboradores no Exterior:
  • Prof. Dr. Anne George (University of Illinois, USA) Prof. Dr. Arthur Hand (University of Connecticut, USA) Prof. Dr. Françoise Bleicher (University of Lyon, França) Prof. Dr. Giovanna Orsini (University of Ancona, Itália) Prof. Dr. Shannon Holliday (University of Florida, USA)

Normas Docentes dos vários departamentos da FOUSP e seus colaboradores podem utilizar o LBO. Nesse caso, pós-graduandos, estagiários e outros colaboradores devidamente treinados podem utilizar os equipamentos do laboratório; porém, o Orientador ou Docente responsável pelo grupo de pesquisa deve contatar o Professor Responsável para informar-se das normas respectivas e manifestar sua anuência. O LBO possui equipamentos e infra-estrutura básica para realização de pesquisas, porém, os Docentes/Orientadores que utilizam o laboratório deverão contar com o material de consumo correspondente. Portanto, devem contatar o Professor Responsável para informar-se sobre o material de consumo necessário e receber sugestões e/ou assessoria, sobre a forma de obtenção de recursos junto às agências financiadoras de pesquisa. Nessas condições são também atendidos usuários externos, de outras unidades da USP ou de outras instituições. O LBO é responsável pela utilização dos microscópios eletrônicos da FOUSP. Agendamento para a Utilização de Equipamentos: Existem alguns equipamentos que podem ser utilizados por usuários da FOUSP ou externos, desde que cientes das normas específicas de utilização. Estes estão listados em baixo, bem como os docentes responsáveis para agendamento:
  • Microscópio Eletrônico de Varredura Leo 430 (instalado no LELO): encaminhar email para o Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez -  vearana@usp.br
  • Microscópio Eletrônico de Transmissão Jeol 1010 (instalado na Disciplina de Patologia Bucal): encaminhar email para o Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez -  vearana@usp.br
  • Espectrômetro de Emissão a Plasma (ICP) Agilent: encaminhar email para a Profa. Dra. Alyne Simões Gonçalves - lysimoes@usp.br
  • Microscópio de Fluorescência Olympus BX-60: encaminhar email para o Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez -  vearana@usp.br

Taxas de Utilização Devido à impossibilidade da Universidade para manter o alto custo de funcionamento dos equipamentos, existem taxas pelos períodos de utilização de alguns deles, especialmente dos microscópios eletrônicos, que são pagas por todos os Docentes/Orientadores que os utilizam. Por esse motivo, antes de solicitar o agendamento, o Docente deverá contatar o Professor Responsável para informar-se sobre os custos de utilização e receber sugestões sobre a forma de obtenção desses recursos através das agências financiadoras de pesquisa.
Endereço  Av. Prof. Lineu Prestes, 2227 Cidade Universitária - 05508-900  – São Paulo, SP Entrada diretamente do estacionamento da FOUSP
  • Telefone: 3091-7840 + ramal interno: Prof. Victor r. 228 Profa. Alyne r. 209 Recepção r. 232 Sala dos Alunos r. 233 Biologia Molecular r. 234 Microscopia de Luz r. 235 Processamentos para Microscopia r. 236
 
  • 2ª – 6ª feira, 08:00 – 17 h: Para utilização dos equipamentos, os usuários deverão marcar os períodos de utilização nas fichas que se encontram na recepção do laboratório ou pelo telefone 3091-7840 r. 232

 

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Responsável: Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez

No Laboratório de Biologia Oral (LBO), é estudada a organização estrutural e funcional dos tecidos duros e moles da cavidade oral em condições de saúde, em situações experimentais e/ou em correlação com os diversos procedimentos clínicos odontológicos.

O LBO dispõe de infra-estrutura e experiência em pesquisa básica aplicada à Odontologia, atendendo docentes e alunos das diversas disciplinas e departamentos da FOUSP para o planejamento e desenvolvimento de pesquisa básica e de pesquisa translacional em relação às clínicas odontológicas. Funciona também como um laboratório multicêntrico, pois realiza pesquisas em colaboração com outros centros nacionais e do exterior e sedia, nas suas instalações, o Biotério de Experimentação da FOUSP.

O LBO desenvolve pesquisas in vivo (amostras procedentes de tecidos orais humanos e/ou de animais de experimentação) e in vitro (cultura de células) e possui equipamentos para o processamento de espécimes destinados à análise por diversos tipos de microscopia (de luz, de fluorescência, confocal a laser, eletrônica de varredura e eletrônica de transmissão), além de procedimentos complementares bioquímicos e de biologia molecular.


A Criação

Com a reforma ocorrida no final da década de sessenta na USP, as faculdades profissionalizantes, entre elas a FOUSP, perderam os seus docentes e laboratórios das disciplinas básicas, os quais passaram a integrar o Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Com essa reforma, a FOUSP foi a única escola de Odontologia do sistema público do Estado de São Paulo que ficou desprovida das áreas básicas. No início da década de 1970, por ocasião da sua criação, numerosos dentistas integravam os quadros desse instituto; no entanto, em 2008 existiam menos de dez cirurgiões dentistas em um contingente de cerca de 150 docentes do ICB.

No início da década de 1980, os Profs. Flávio Fava de Moraes (ICB) e José Nicolau (IQ), apontaram a necessidade de criar dentro da Faculdade um laboratório que suprisse as demandas por pesquisa básica. Porém, durante 30  anos isso não passou de uma idéia, que veio a ser retomada no ano de 2006, na gestão dos Profs. Drs. Carlos de Paula Eduardo e Suzana Cantanhede Orsini Machado de Souza, respectivamente Diretor e Vice-Diretora da FOUSP para o período 2005-2009.

A Congregação da FOUSP, na sua reunião de 21 de dezembro de 2006, aprovou por unanimidade a criação do Laboratório de Biologia Oral, destinando uma área de aproximadamente 450 m2 para suas instalações, as quais incluiriam um biotério de experimentação, outra carência da Faculdade ao longo dos anos. Em reunião da Congregação de fevereiro de 2007, foi aprovada a utilização de uma verba proveniente da Fapesp de R$ 137.829,27 que, somada a uma verba de R$ 80.000,00 da própria Faculdade, faziam um total de R$ 217.829,27 para o início das obras destinadas à infra-estrutura básica do referido laboratório.

Em fevereiro de 2008 a Congregação aprovou a utilização de uma segunda verba da Fapesp, de R$ 105.000,00. A Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Odontologia (FFO-Fundecto) suportou financeiramente a empresa de engenharia responsável pelo projeto. Além das verbas necessárias, era preciso também criar um cargo de Professor Titular de Biologia Oral, não existente até então, para que esse docente pudesse acompanhar as obras e ser responsável pelas atividades que seriam realizadas no LBO.

No ano de 2007, a FOUSP recebeu essa vaga da Comissão de Atividades Acadêmicas (CAA) da Universidade, sendo alocada no Departamento de Biomateriais e Biologia Oral e preenchida através de concurso público pelo Prof. Dr. Victor E. Arana-Chavez em novembro de 2008. Em dezembro do mesmo ano, foi concedida uma verba de R$ 234.341,00, solicitada pela Diretoria da FOUSP junto à Magnífica Reitora Profa. Dra. Sueli Vilela, que liberou, em maio de 2009, um auxílio adicional de R$ 70.000,00 para confecção de parte das bancadas do laboratório.

O LBO foi inaugurado no dia 16 de setembro de 2009, pelo Diretor da FOUSP, Prof. Dr. Carlos de Paula Eduardo, contando com a presença da Magnífica Reitora, Vice-Reitor e do Diretor da FAPESP, além das autoridades da Faculdade, docentes, funcionários e alunos e de numerosos convidados de outras unidades da Universidade.


Responsável:  Prof. Dr. Victor E. Arana-Chavez

Técnica de Laboratório: Sra. Elisângela Chinen

Docentes:

  • Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez
  • Profa. Dra. Alyne Simões Gonçalves

Colaboradores no Exterior:

  • Prof. Dr. Anne George (University of Illinois, USA)
    Prof. Dr. Arthur Hand (University of Connecticut, USA)
    Prof. Dr. Françoise Bleicher (University of Lyon, França)
    Prof. Dr. Giovanna Orsini (University of Ancona, Itália)
    Prof. Dr. Shannon Holliday (University of Florida, USA)

Normas

Docentes dos vários departamentos da FOUSP e seus colaboradores podem utilizar o LBO. Nesse caso, pós-graduandos, estagiários e outros colaboradores devidamente treinados podem utilizar os equipamentos do laboratório; porém, o Orientador ou Docente responsável pelo grupo de pesquisa deve contatar o Professor Responsável para informar-se das normas respectivas e manifestar sua anuência.

O LBO possui equipamentos e infra-estrutura básica para realização de pesquisas, porém, os Docentes/Orientadores que utilizam o laboratório deverão contar com o material de consumo correspondente. Portanto, devem contatar o Professor Responsável para informar-se sobre o material de consumo necessário e receber sugestões e/ou assessoria, sobre a forma de obtenção de recursos junto às agências financiadoras de pesquisa. Nessas condições são também atendidos usuários externos, de outras unidades da USP ou de outras instituições. O LBO é responsável pela utilização dos microscópios eletrônicos da FOUSP.

Agendamento para a Utilização de Equipamentos:

Existem alguns equipamentos que podem ser utilizados por usuários da FOUSP ou externos, desde que cientes das normas específicas de utilização. Estes estão listados em baixo, bem como os docentes responsáveis para agendamento:

  • Microscópio Eletrônico de Varredura Leo 430 (instalado no LELO): encaminhar email para o Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez –  vearana@usp.br
  • Microscópio Eletrônico de Transmissão Jeol 1010 (instalado na Disciplina de Patologia Bucal): encaminhar email para o Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez –  vearana@usp.br
  • Espectrômetro de Emissão a Plasma (ICP) Agilent: encaminhar email para a Profa. Dra. Alyne Simões Gonçalves – lysimoes@usp.br
  • Microscópio de Fluorescência Olympus BX-60: encaminhar email para o Prof. Dr. Victor Elias Arana-Chavez –  vearana@usp.br

Taxas de Utilização

Devido à impossibilidade da Universidade para manter o alto custo de funcionamento dos equipamentos, existem taxas pelos períodos de utilização de alguns deles, especialmente dos microscópios eletrônicos, que são pagas por todos os Docentes/Orientadores que os utilizam. Por esse motivo, antes de solicitar o agendamento, o Docente deverá contatar o Professor Responsável para informar-se sobre os custos de utilização e receber sugestões sobre a forma de obtenção desses recursos através das agências financiadoras de pesquisa.


Endereço

 Av. Prof. Lineu Prestes, 2227
Cidade Universitária – 05508-900  – São Paulo, SP
Entrada diretamente do estacionamento da FOUSP

  • Telefone: 3091-7840 + ramal interno:
    Prof. Victor r. 228
    Profa. Alyne r. 209
    Recepção r. 232
    Sala dos Alunos r. 233
    Biologia Molecular r. 234
    Microscopia de Luz r. 235
    Processamentos para Microscopia r. 236

 

  • 2ª – 6ª feira, 08:00 – 17 h: Para utilização dos equipamentos, os usuários deverão marcar os períodos de utilização nas fichas que se encontram na recepção do laboratório ou pelo telefone 3091-7840 r. 232

 

Skip to content