A Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo - FOUSP - criou em 2006, o OBSERVATÓRIO DE RECURSOS HUMANOS ODONTOLÓGICOS DA FOUSP - OBSERVARHODONTO e sua ESTAÇÃO DE PESQUISA DE RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE BUCAL, integrando a ROREHS e sendo a única, da América Latina, voltada especificamente para os estudos sobre Recursos Humanos em Odontologia. A Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde do Brasil (ROREHS) é uma iniciativa do Ministério da Saúde em conjunto com a OPAS/OMS. Compõe um projeto de âmbito continental da OPAS, já implantado em diversos países das Américas. O propósito geral da Rede é propiciar o mais amplo acesso a informações e análises sobre recursos humanos de saúde no País, facilitando a melhor formulação, acompanhamento e avaliação de políticas e programas setoriais, bem como regulação social dos sistemas de educação e trabalho no campo da saúde. O propósito geral da rede é produzir estudos e pesquisas na área de recursos humanos em saúde, a fim de contribuir para o desenvolvimento da área. É composta por Estações de Trabalho formadas por Instituições de Ensino, pesquisa e serviço, sendo interligadas pela OPAS/OMS.

A Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo – FOUSP – criou em 2006, o OBSERVATÓRIO DE RECURSOS HUMANOS ODONTOLÓGICOS DA FOUSP – OBSERVARHODONTO e sua ESTAÇÃO DE PESQUISA DE RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE BUCAL, integrando a ROREHS e sendo a única, da América Latina, voltada especificamente para os estudos sobre Recursos Humanos em Odontologia.

A Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde do Brasil (ROREHS) é uma iniciativa do Ministério da Saúde em conjunto com a OPAS/OMS. Compõe um projeto de âmbito continental da OPAS, já implantado em diversos países das Américas. O propósito geral da Rede é propiciar o mais amplo acesso a informações e análises sobre recursos humanos de saúde no País, facilitando a melhor formulação, acompanhamento e avaliação de políticas e programas setoriais, bem como regulação social dos sistemas de educação e trabalho no campo da saúde. O propósito geral da rede é produzir estudos e pesquisas na área de recursos humanos em saúde, a fim de contribuir para o desenvolvimento da área. É composta por Estações de Trabalho formadas por Instituições de Ensino, pesquisa e serviço, sendo interligadas pela OPAS/OMS.

Skip to content