O Projeto Integrando Ensino-Serviço em Saúde Bucal é uma iniciativa do Programa de Pós Graduação em Ciências Odontológicas da FOUSP, em parceria com o Grupo Técnico de Saúde Bucal da Rede Regional de Atenção à Saúde (RRAS4 – Mananciais).

A RRAS4  é formada pelos municípios de Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista.

O principal objetivo desse projeto é promover a integração entre as atividades de ensino, pesquisa e extensão, por meio da atenção integral à saúde bucal, entre a FOUSP e a rede de serviços de saúde bucal do SUS dos 08 municípios da RRAS4. Inicialmente, por meio desse projeto serão identificados temas de interesse para que  os dentistas da rede possam atualizar seus conhecimentos e promover maior qualificação da atenção à saúde bucal na região. Os temas serão abordados por professores do corpo docente da FOUSP. Além disso, por meio do projeto, os serviços de saúde bucal poderão referenciar pacientes em situações de maior complexidade de diagnóstico ou buscar na FOUSP uma segunda opinião em casos clínicos.

A política nacional de formação e reorientação da formação profissional em saúde, promovida pelos Ministérios da Saúde e da Educação nas últimas décadas tem como um dos seus eixos norteadores a integração ensino-serviço, que tem como objetivo promover mudanças tanto no sentido de qualificar os processos de atenção à saúde da população, como também no ensino e na formação em saúde, compreendendo a rede de serviços como potente espaço pedagógico, a partir do qual se pode ao mesmo tempo, desenvolver ensino, pesquisa e atenção à saúde resolutiva e humanizada.

A Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) constitui-se em um dos eixos estruturantes do aperfeiçoamento organizacional dos serviços de saúde. A educação permanente é aprendizagem a partir do processo de trabalho, onde o aprender e o ensinar se incorporam ao cotidiano das organizações. A PNEPS é uma das estratégias do SUS para o desenvolvimento dos seus trabalhadores e o aperfeiçoamento organizacional no âmbito dos serviços e da gestão, com o objetivo de contribuir para a necessária reorientação dos processos formativos, das práticas pedagógicas e de saúde e da organização dos serviços. Baseia-se no trabalho articulado entre o sistema de saúde em suas esferas de gestão, e as instituições formadoras, na identificação dos problemas cotidianos no processo de trabalho na saúde e na construção coletiva e compartilhada de soluções. A educação permanente vem consolidando-se e incorporando-se à agenda da gestão da saúde como eixo integrador entre educação e trabalho.

 

 

Calendário de Atividades

Matérias Divulgadas na Imprensa

Material Complementar às Palestras Ministradas

 

Skip to content