Histórico

O Serviço de Documentação Odontológica (SDO) vem coordenando desde 1991, as atividades da “Sub-Rede Nacional de Informação na Área de Ciências da Saúde Oral”, através de projeto firmado entre W. K. Kellogg Foundation e a BIREME.

O objetivo desta Sub-Rede composta por vinte integrantes, foi o de proporcionar às diversas regiões do país a agilização das atividades de pesquisa – face as necessidades primordiais de seus clientes – auxiliando a busca, localização, recuperação da informação além de coletar a produção científica nacional na área odontológica.

Compete aos dez “Centros Cooperantes básicos” (Araçatuba, Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Bauru) a localização e inclusão de documentos científicos regionais na área de Odontologia nas bases de dados LILACS e BBO.

Ainda, no sentido de agilizar o atendimento à pesquisa no momento e local desejado pelo usuário, os núcleos básicos realizam os serviços de:

 busca bibliográfica – utilizando a consulta em CD-ROM, às bases de dados MEDLINE, LILACS e BBO;
 intercâmbio de informação – através da adoção do sistema COMUT “on-line” da BIREME e da aquisição de     facsímiles para todos os núcleos.

Os núcleos de apoio à pesquisa (Diamantina, Maranhão, Niterói, Pará, Paraíba, Pelotas, Piracicaba, Ponta Grossa, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro), têm a responsabilidade de localizar e divulgar as informações científicas indexadas nas bases de dados LILACS e BBO e a de realizar o intercâmbio de informações através do Sistema COMUT “on-line” da BIREME.

Em 1999, passa a denominar-se “Sistema Especializado na Área de Odontologia” e em 2003, “Sistema de Informação Especializado na Área de Odontologia” (SIEO) com o propósito de impulsionar o desenvolvimento das bibliotecas odontológicas nacionais e satisfazer a demanda de informação dos profissionais desta área.